ok - Os vinhos e as regras de etiqueta

A etiqueta é um termo cunhado pelos franceses, assim, praticamente todas as situações do dia-a-dia terão alguma regra a ser seguida.

O interessante é que algo parte do life style francês, aprendido em casa e incorporado durante a toda a vida e não somente aplicado a ambientes sociais. Com o vinho, não poderia ser diferente. Há uma série de recomendações para se degustar a bebida. A principal? Nunca, jamais, se embriagar ao beber! Vamos a mais algumas: 1) Aguarde o anfitrião para começar a beber

Na França, antes de beber, deve-se esperar que todos tenham sido servidos. O anfitrião ou um convidado podem, então, levantar a taça para um brinde. Se isso acontecer, deve-se beber pois, ao contrário, é considerado rude. Caso não haja um brinde formal, deve-se começar a beber imediatamente após o anfitrião fazê-lo. Em ambientes menos formais, todos se confraternizam, dizendo "saúde" (à ta santé!). Depois, as taças são brindadas e toma-se um gole.

2) Olho no olho

É hábito olhar nos olhos da pessoa com as qual estamos brindando. Porém, cuidado para não derramar vinho sobre a pessoa ou quebrar sua taça nessa hora, batendo com muita força.


3) Mulheres sempre são servidas pelos homens

As regras de etiqueta formais dizem que os homens devem sempre servir as mulheres. Assim, é hábito os homens ficarem atentos às mulheres ao seu redor, verificando se suas taças estão vazias. Caso uma taça vazia passe desapercebida, a mulher deve aguardar pacientemente ou pode pedir a algum homem próximo que a sirva, porém, nunca deve servir-se sozinha. (Scandale!)


4) Comente sobre o vinho

Outra regra de etiqueta é sempre comentar sobre o vinho que se está tomando, nem que seja um simples "hum.....!" Evite declarações exageradas, principalmente se não for um bom conhecedor da bebida! Veja o item abaixo.


5) Seja simples e sincero

Se você não é um expert em vinhos, evite ficar girando sua taça ou olhando-a contra a luz para verificar a cor da bebia, pois encenação não engana ninguém! A degustação é uma forma de arte e caso ainda não a domine, mantenha-se simples!

Mesmo não sendo expert, você pode apreciar um bom vinho e fazer comentários pertinentes, como: "Há sabores de frutas, chocolate ou de madeira?" "Você gostou?" "É forte ou suave?" É interessante ver o que o vinho nos faz pensar então, não seja tímido, mas mantenha a simplicidade.


6) Atenção ao final da garrafa

O vinho geralmente tem um sedimento no fundo da garrafa. Esse sedimento não é tóxico, mas também não é nada saboroso ou apresentável em uma taça. Assim, caso esteja oferecendo um bom vinho a seus convidados, tenha cuidado quando a garrafa estiver acabando. Normalmente é deixado uma pequena quantidade de líquido no fundo, para que o sedimento permaneça na garrafa. Se acontecer de seu anfitrião servir todo líquido e sua taça se encher de sedimentos, simplesmente não beba. Gire a taça discretamente para que os sedimentos fiquem mais visíveis nas laterais da taça. Assim que seu anfitrião perceber o ocorrido, ele irá trocá-la.


7) Vinho demais, nunca!

Tecnicamente, deve-se deixar espaço na taça para que se possa girar o vinho sem derramá-lo. Portanto, nada de encher a taça até a borda! E também não se deve tomar toda a taça de um gole só! O vinho é um momento de compartilhamento, troca e deve ser degustado calmamente.


Essas são apenas algumas regras de etiqueta ao se apreciar vinhos. Existem muitas mais, mas essas são as mais costumeiramente aplicadas.

Lembre-se, entretanto, que toda regra tem exceção. Assim, não precisa transformar a sua reunião de amigos em exibicionismo, nem se transformar em fiscal de etiqueta!

Divirta-se com as regras, conheça-as, saiba aplicá-las, mas também saiba transgredi-las.

O mais importante é poder compartilhar da experiência de se ter os amigos e amores reunidos, num momento de descontração, aproveitando a vida com um bom vinho!


Fonte: frenchtoday.com


* Este artigo foi publicado originalmente na Neswletter Paris pra Mim. Clique aqui para assinar e receber novidades diretamente no seu e-mail, em primeira mão!



0 visualização