ok - O que saber antes de ir ao restaurante em Paris


Em Paris, quando vamos ao restaurante, cada um espera que seu prato esteja perfeito e o serviço impecável. Entretanto, todo o staff do restaurante também espera que os clientes estejam familiarizados com algumas atenções e cuidados. Assim, para que sua noite se passe da melhor maneira possível para ambas as partes, listamos as 8 dicas para quando for ao restaurante em Paris.


Abusar da reserva on line

Os sites para reserva online são extremamente práticos. Entretanto, deve-se utilizá-los com moderação.

Evite, por exemplo, de modificar sua reserva a todo o momento. Isso causa muitos problemas aos gerentes dos restaurantes que, de um momento para outro, não sabem mais que local reservar para sua mesa.



Alterar uma reserva

Isso acontece com todo mundo: mudança de planos de última hora, pane nos transportes.... Em se tratando de acidentes, principalmente, o maître será compreensivo. Mas se com 24 horas de antecedência você já souber que não poderá chegar na hora marcada, ligue imediatamente para avisar o restaurante. Um gesto simples e muito educado.



Manter a educação e cortesia

É dito que o cliente sempre tem razão, mas isso não quer dizer que podemos ser grosseiros ou tratar mal a equipe do restaurante. Mesmo que você não fale francês, um simples s´il vous plaît ou um merci são sempre bem vindos. Também evite estalar os dedos para chamar o garçon. E se você desejar pedir um prato que não esteja no menu, tenha em mente que a cozinha lhe fará um favor ao aceitar prepará-lo para você. Portanto, não seja excessivamente exigente.



Não exagerar na bebida

Comprendemos que no restaurante se deseja passar um bom momento de descontração, principalmente na sua viagem a Paris.

Você irá começar com os aperitivos, depois um vinho tinto e terminará a noite com um digestivo finalizando sua sobremesa. Logo, são grandes as chances de, conforme a noite avança, você ficar cada vez mais alcoolizado... podendo correr o risco de se transformar em um cliente difícil para se lidar....

A melhor forma de evitar é aprender a conhecer seus limites e jamais exagerar na bebida.



Comunicar sobre suas alergias e intolerâncias alimentares

Se você for intolerante ao glúten ou alérgico a determinado alimento, informe ao garçon, ele está lá para lhe ajudar. Você poupará o tempo de olhar todo o cardápio para evitar o risco de pedir algo errado ou, pior, pedir algo bem sem graça só para se manter seguro.

Ao perguntar ao profissional, sua refeição será mais prazerosa e sua saúde não correrá riscos denecessários.



Controlar as crianças

É claro que você tem todo o direito de sair para jantar com seus filhos, mesmo sendo eles pequenos, mas verifique antes se essa opção é mesmo viável. As crianças vão ficar tranquilas, sem chorar?

Procure consultar com antecedência o cardápio para saber se há algum prato que seu filho poderá comer e, sobretudo, evite os restaurantes degustação onde há 8 pratos previstos no menu, pois esses jantares geralmente são longos e cansativos demais para os pequenos.



Não ficar horas sem consumir

Um bom restaurante nunca o pressionará para pedir a conta e sair, mas tenha em conta que ficar horas sem pedir nada é muito descortês, além de você estar criando um problema, pois está-se impedindo outras pessoas de ocuparem aquela mesa.

Também evite entrar no restaurante faltando 10 minutos para seu fechamento, pois você irá obrigar ao pessoal da cozinha retirar panelas e ingredientes que já estavam sendo guardados e, do mais, retardará o fim do expediente de todos do restaurante.



Escolher o dia mais apropriado

É óbvio que preferimos ir ao restaurante durante o fim de semana, porém, todo mundo também pensa assim! Logo, se você quiser evitar salões abarrotados, atendentes sobrecarregados e o fato de precisar quase gritar para conseguir se comunicar com a pessoa sentada à sua frente, opte por uma noite no início da semana. Você estará em um ambiente agradável e terá toda a equipe do restaurante pronta a lhe atender.



0 visualização