As 7 situações do quotidiano que mais surpreendem os visitantes em Paris



Viajar é, sem sombra de dúvida, uma ótima maneira de se revigorar, conhecer novos lugares, culturas, costumes, hábitos.... e são justamente as pequenas diferenças que se fazem notar no dia-a-dia de uma cidade que nos surpreendem e marcam. Veja abaixo uma relação com as sete situações que mais surpreendem os visitantes em Paris, seja em uma primeira vez na cidade ou viajantes frequentes.


Afinal, são as pequenas coisas do dia-a-dia que adicionam tempero e sabor!




Quantidade absurda de fumantes 

Ainda que estejamos acostumados com os fumantes aqui no Brasil, é surpreendente a quantidade deles em Paris. Mais surpreendente ainda é que as pessoas não tenham se rendido às péssimas consequências do fumo em pleno séc. XXI!


É totalmente aceitável do ponto de vista social fumar, desde jovem. Estes, se reúnem nas calçadas das faculdades para poder fumar e até lixeiras especializadas em bitucas de cigarro vemos espalhadas pela cidade. E como é proibido fumar no interior de cafés e restaurantes, as varandas destes se tornam reduto dos fumantes.


O look natural, apesar de meticulosamente elaborado


​​Apesar do fato de muitas marcas de cosméticos serem francesas, como Chanel, Dior, YSL, Clarins, L´Oréal, Lancôme, etc, raramente vemos as parisienses maquiadas exageradamente. Na verdade, elas cultivam um look natural, descomplicado, o que, sem dúvida, inclui um grande cuidado com a pele.


Quanto ao cabelo, elas adoram os coques e um look quase despenteado, mas às vezes temos a impressão que poderiam ter caprichado um pouco mais nesse quesito.









Mulheres estilosas


​​Sim, há muitas senhoras no melhor estilo vovó, mas você verá também muitas mulheres com mais de 60 anos usando calças de couro e botas na altura dos joelhos de uma maneira super à vontade e confortável, como se fosse sua roupa de todo o dia.












Andar de metrô

Em muitas linhas do metrô, as portas do vagão só se abrem se for pressionado um botão ou levantada uma maçaneta. Muitos chamam esse sistema de 'assuma a responsabilidade' o que inclui os caixas self-service nos supermercados.


Olhe - mas não toque!

​​Quando for à uma feira na rua, preste atenção ao que os outros clientes da sua frente estão fazendo (sim, há uma fila para ser atendido nas feiras). Em muitos casos, você não seleciona o produto que irá levar e verá muitos avisos dizendo para não tocar nas frutas/legumes.


Quando for a sua vez, o vendedor escolherá o produto para você, perguntando o que planeja preparar para o almoço/jantar para que ele tenha certeza que está lhe dando o produto ideal.


Muitos acham esse sistema intimidador devido à longa fila que se forma atrás de você. Porém, mesmo que a fila esteja imensa, o vendedor lhe dará toda a atenção e você poderá levar quanto tempo for necessário para fazer suas compras, sem pressa!



Liberdade das crianças



Muitos ficam chocados com o comportamento das crianças francesas, pois elas aparentam uma obediência e respeito aos pais sem terem estes nos seus calcanhares o tempo todo.


Assim, é fácil ver crianças sozinhas nas calçadas brincando à uma distância dos pais que muitos considerariam insana para uma grande cidade.


E não só o comportamento nas ruas, mas nos restaurantes as crianças são encorajadas desde cedo a provarem todo tipo de alimento e a já irem desenvolvendo o seu paladar!






Fechado para negócios

Se você precisar fazer compras em Paris, faça antes de domingo ou segunda. As padarias e demais lojas de comidas ficam abertas nos domingos pela manhã mas a maioria das lojas fecham e só reabrem na segunda à noite ou terça pela manhã. Assim, os turistas são orientados a irem ao Marais nos domingos, pois as lojas ali permanecem abertas, embora cheias, já que ele se torna o reduto preferido dos weekend shoppers!


E você, já vivenciou essas situações ou conhece outras que também chamaram sua atenção mas não estão aqui? Escreva-os e conte suas experiências! Afinal, são esses detalhes que nos empolgam e nos fazem lembrar com carinho e alegria de uma viagem!



Fonte: Lynncroyable!


Então? Como dizemos aqui na Paris pra Mim, Paris nunca deixa de nos surpreender, não é mesmo?


PS: este artigo faz parte da Newsletter Paris pra Mim. Se você gostou, inscreva-se para receber textos legais como este em primeira mão! Afinal, Paris cabe na sua caixa de entrada!


#pariscontemporanea

0 visualização